Retornando – Parte 3 – Cronograma para 2015

Por Bia Machado

É preciso planejar!

Buscando uma maior organização, estabelecemos um cronograma para as publicações do próximo ano. São vários os livros que pretendemos editar em 2015 e, diferente de 2014 em que publicamos cinco livros quase ao mesmo tempo – o que acarretou alguns problemas e exigiu demais de todos os envolvidos, mais ainda do que comumente é exigido -, o que pretendemos é dar um espaço de tempo entre um livro e outro. A meta é: um livro para a gráfica de cada vez. Só começar a trabalhar com uma publicação depois que todo o processo de pré-impressão do anterior estiver finalizado. Não quer dizer que tudo o que planejaremos acontecerá, de fato, da forma que estamos pensando. Mesmo trabalhando com um de cada vez, podem ocorrer atrasos. Mas a proposta é publicar mais livros, cada um a seu tempo, com a importância que merecem. Para que os leitores saibam um pouco sobre cada publicação futura, pedimos que cada autor escrevesse um parágrafo a respeito da obra.

– Resolver seu problema é uma questão de tempo para nós, de Bia Machado:

“Conforme divulgado no post anterior, trata-se de um livro de contos de ficção científica, alguns já conhecidos, mas revisados após sugestões dos leitores e outros inéditos. Com esse livro, fecho por um tempo a minha publicação de contos em livros físicos. Depois desse, por um tempo publicarei meus contos apenas em meio eletrônico, me dedicando mais aos romances, novelas e livros infantis.” – com previsão de publicação para janeiro/2015

– Pretérito Imperfeito, romance de Gustavo Araujo:

Pretérito Imperfeito é uma história sobre Toninho, um garoto de treze anos e de natureza singular, que prefere passar os dias observando passarinhos e refugiando-se, solitário, na clareira de um bosque nos limites da cidade. Também é sobre os dilemas de Cecília, uma menina inteligente que adora ler e escrever e que, ao lado da mãe, está confinada em sua própria casa, refém das atividades misteriosas em que seu pai está envolvido. Por fim, é a história de Pedro Vieira, pai de Toninho, desde a infância em um sítio no Rio Grande do Sul, até a paternidade tardia, redentora, talvez, de um passado que ele prefere deixar escondido em uma caixa no alto do armário. Pretérito Imperfeito entrelaça essas três realidades distorcendo tempo e espaço falando de amor. Do amor sofrido pela primeira vez. Do amor por livros e por escrever. Do amor entre pais e filhos. De redenção, de segundas chances. De reescrever o final da própria história.” – com previsão de publicação para março/2015

– Isso tudo é muito raro, de Fabio Shiva:

“Do mesmo autor de O Sincronicídio. Oito contos, oito pontos cardeais. Quatro pares de histórias-spin, opostas e complementares, quatro duplas de pólos semânticos. Nesse universo literário e simétrico gravitam os contos, diversos no estilo e na narrativa, semelhantes pela recorrência a temas dicotômicos, com abundantes referências literárias: encontros e desencontros amorosos, o êxtase e a agonia de escrever, o fantástico e o banal, o sagrado e o profano, o grotesco e o sublime, a criação e o fim do mundo. Isso tudo é muito raro.” – com previsão de publicação para abril/2015

– O Tratado Homeopático da Solidão, de José Geraldo Gouvêa: 

“A perda é um sentimento que pode construir ou demolir. Não importa tanto o que se perde, mas como escolhemos reagir ao buraco que fica na alma quando um pedaço dela nos é retirado. O Tratamento Homeopático da Solidão reúne histórias de pessoas que enfrentaram diversos tipos de subtrações e se salvaram, ou se perderam, pelas próprias forças ou por forças ocultas.” – com previsão de publicação para maio/2015

– Claro-Escuro, de Bia Machado:

“Uma novela, uma história de suspense narrada em primeira pessoa onde vamos conhecer Cleo (ou Cleonice, seu nome de batismo, do qual ela não gosta muito), uma mulher com muitos sonhos, como estudar pintura e ser uma artista reconhecida, mas sem muita coragem de realizá-los, presa a um cotidiano que não era bem o que ela imaginava para si. Também é a história de como ela descobre que há lugares desconhecidos em sua própria alma, os lugares escuros em meio aos tons claros da razão.”  com previsão de publicação para junho/2015

– Da noite sem fim – poéticas das tristezas e assombros, de Thiago da Silva Prada:

“Poesia. Sabe-se que a noite é a mãe de todos os medos, nela surgem nossos fantasmas, dores e pensamentos, que nos possuem ao longo de horas, sobre nossa existência, seu sentido ou ausência dele. Na noite atravessamos a nossa vida, revivendo momentos, projetando futuro, vendo a ruínas de sonhos ou vislumbrando a dança de outras alvoradas esperançosas. Este livro não trata de um exorcismo de seu autor, mas de um convite em comum para um mergulho no escuro, das dores comuns, angústias compartilhadas e dos pensamentos que brotam e dos quais nos alimentamos para vivermos adiante.” – com previsão de publicação para agosto/2015

– Intersecção, romance de Felipe Holloway:

“Após acidente de carro, jovem operador de fotocopiadora tem a atividade cerebral alterada, passando a apresentar sintomas da hyperthymestic syndrome, ou síndrome de hipermemória adquirida. A angustiante disfunção que impede suas vítimas de esquecerem até a mais insignificante experiência vivenciada (das falas de um filme ruim à forma exata de uma nuvem vista há dezenove dias) manifesta-se, em Lucas, mesmo durante o sono. Além de torná-lo um expert em ter sonhos lúcidos — por lembrar-se de cenários e rostos que se alteram subitamente, reconhecendo no ato a irrealidade daquele mundo e controlando-o como quiser —, a hiperatividade neural o ajuda a recordar com exatidão os traços faciais outrora fugidios de uma desconhecida que aparece em seus sonhos desde a adolescência. Certa noite, após despertar de outro estranho encontro com a mulher, ele esboça um desenho de seu rosto e o publica no próprio blog. Dias depois, assombra-se ao constatar que seis pessoas de diferentes partes do país haviam, independentemente, comentado sua publicação, solicitando a identidade da moça desenhada e afirmando tratar-se de uma figura recorrente em seus próprios sonhos.” – com previsão de publicação para setembro/2015

– Eu e os fantasmas – uma biografia autorizada de Luci Matsui, infanto juvenil de Bia Machado:

“Lúcia é uma menina que convive tranquilamente com alguns fantasmas que não quiseram ir embora da casa que a família dela comprou. Já com o pai e a madrasta, a convivência nunca foi tão tranquila assim…” – com previsão de publicação para outubro/2015

– Homicídios Manchados de Rosa, de Thais Lemes Pereira:

Romance fix-up, onde cada capítulo é um conto, com trama independente, mas que possuem um fio condutor entre si. Os personagens dessa história, bem conhecidos do público em geral, terão como característica principal sua descaracterização, ou seja: a quebra dos seus arquétipos. Dissolvendo tudo o que os torna formatadores de opinião – essencialmente na infância – e desaparecendo com as qualidades que os fazem agradáveis. Talvez o leitor mais atento se identifique com algumas situações apresentadas, pois o enredo contextualiza com a vida; de uma forma crua e abstrusa, sutilmente temperada de magia. No desfecho, todas as narrativas se reunirão em um final tão surpreendente quanto a chamada “Era uma vez…”. – com previsão de publicação para novembro/2015

– Escritores perguntam, escritores respondem – a nova literatura brasileira em debate, organização de Fabio Shiva:

“Doze escritores dos mais diversos estilos e tendências, cada um de seu canto do Brasil, reunidos para trocar ideias sobre a arte e o ofício de escrever. O resultado é um bate-papo divertido e muito sério, que instiga o leitor a participar ativamente da reflexão coletiva, investigando junto com os autores os bastidores da literatura moderna. Um livro único e atual, recomendado para todos que amam livros.”

Quanto à previsão de publicação deste livro: preferimos não estipular. Como são doze autores, os imprevistos costumam ser maiores. Buscaremos a publicação no primeiro semestre do ano.

E como essa postagem ficou extensa demais, como imaginamos deixaremos o outro assunto a respeito das novidades no site da Caligo para a quinta-feira.

– Fique ligado:

Parte 4 (quinta-feira, 02/10) – Cronograma para os primeiros meses de 2016 – Novidades na loja virtual da Caligo – Sobre a coluna e outras novidades no site.

Até lá! 😉

Bia Machado é a editora da Caligo. Trabalha como professora e revisora. Tenta escrever para que seus personagens não fiquem tão zangados com ela e não voltem para puxar seu pé de madrugada. Leitora voraz. Cinéfila frustrada. Se pudesse, faria outras coisas mais, mas para quem não tem sangue azul, nem sorte no jogo, isso já está bom, não dá para reclamar. Ou dá? Escreve (ou tenta escrever) no blog Vida e Etcétera a respeito de quase tudo, mas admite que acaba escrevendo mais sobre suas leituras. Contato: magiadaliteratura@gmail.com.

Anúncios

Um comentário em “Retornando – Parte 3 – Cronograma para 2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s